Sobre a APM

A Associação de Professores de Matemática (APM) é uma associação portuguesa de professores ligados à educação matemática, que abrange todo o território nacional e todos os níveis de escolaridade, do ensino pré-escolar ao Ensino Superior.

A APM é uma associação com objectivos próprios, sem fins lucrativos e reconhecida de utilidade pública, que foi criada em 1986, contando actualmente com cerca de quatro milhares de sócios.

A APM tem duas publicações periódicas. A revista Educação e Matemática, distribuída gratuitamente aos sócios, cuja periodicidade é de cinco números anuais, sendo um deles temático. A Quadrante, revista de investigação em educação matemática, de periodicidade semestral, sendo um dos seus números temático.

A APM edita ainda o APMinformação, que é um boletim interno, veículo de informações e notícias da vida dinâmica da APM.

A APM disponibiliza uma diversidade de publicações e materiais para apoio à actividade profissional dos professores.

A APM promove anualmente a realização de encontros nacionais, dos quais destacamos o ProfMat, e encontros regionais, que muito contribuem para o desenvolvimento profissional dos professores. A formação contínua é ainda promovida através do Centro de Formação da APM.

Estas actividades são promovidas pelos sócios que, para além da participação nos órgãos associativos, trabalham colaborativamente em Grupos de trabalho, Núcleos Regionais e Comissões Organizadoras de eventos.

Os seus objectivos são:

  • Promover o desenvolvimento do ensino e da aprendizagem da Matemática a todos os níveis;
  • Estimular o intercâmbio de ideias e experiências entre pessoas ou organismos nacionais e internacionais, que se interessam pelos problemas da aprendizagem desta disciplina;
  • Promover oportunidades de desenvolvimento profissional para os professores de Matemática de todos os graus de ensino;
  • Mobilizar os professores e sociedade em geral para a discussão das questões actuais do ensino e da aprendizagem da Matemática;
  • Intervir na definição da politica educativa, especialmente no que respeita a mudanças positivas na educação matemática.

 

A APM é apoiada pelo Ministério da Educação.

 

Os docentes Lurdes Figueiral (Escola Secundária Artística de Soares dos Reis ) e Maria Teresa Santos ( Escola Secundária Soares Basto) encontram-se em regime de mobilidade – redução total da componente lectiva, a fim de prestarem o apoio às actividades a desenvolver pela APM.

Para saber mais sobre a APM, consulte os estatutos (em formato pdf) e o Curriculum (em formato pdf).